Dia do Julgamento

"Cada dia é o dia do julgamento, e nós, com nossos atos e nossas palavras, com nosso silêncio e nossa voz, vamos escrevendo continuamente o livro da vida. A luz veio ao mundo e cada um de nós deve decidir se quer caminhar na luz do altruísmo construtivo ou nas trevas do egoísmo. Portanto, a mais urgente pergunta a ser feita nesta vida é: 'O que fiz hoje pelos outros?'"

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Gestão Baseada em Atividade/Processo - ABM

A Gestão Baseada em Atividades integra-se e complementa o Custo Baseado em Atividades - ABC. Apóia-se no planejamento, execução e mensuração do custo, associando indicadores de desempenho às atividades e processos da organização para obter vantagens competitivas.
 
PROCESSO - Os processos de uma organização são uma cooperação de atividades distintas para a realização de um objetivo global, orientado ao cliente final que lhes é comum. Um processo é repetido de maneira recorrente dentro da empresa. A ele correspondem: 
  • Um desempenho, que formaliza o seu objetivo global (Prazo de entrega, nível de qualidade, otimização de recursos, etc.);
  • Uma organização que materializa e estrutura transversalmente a interdependência das atividades do processo, durante a sua execução;
  • Uma co-responsabilidade das pessoas da organização, com relação ao desempenho global;
 
A estrutura do processo não é hierárquica nem vertical, como ocorre com a estrutura organizacional. A estrutura de processo é uma visão dinâmica da maneira pela qual a organização produz valor. Além do mais, o processo tem elementos como custo, prazos, qualidade de produção e satisfação do cliente, e sua abordagem implica em forte ênfase sobre a melhoria da forma pela qual o trabalho é feito em contraste com o enfoque nos produtos ou serviços oferecidos ao cliente.
 
Os processos dotados de uma estrutura clara podem ter várias de suas dimensões medidas em termos de tempo e do custo de sua execução. Seus resultados (output) e entradas (inputs) podem ser avaliados em termos de utilidade, coerência, variabilidade, ausência de defeitos, custos, prazos, satisfação do cliente e outros aspectos que constituem os critérios para a avaliação do valor da inovação e para o estabelecimento de programas de melhoria contínua.
 
O mais importante, porém, é que a adoção da abordagem de processo deve corresponder à adoção do ponto de vista do cliente, seja ele interno ou externo à organização.
 
Os processos constituem a estrutura pela qual uma organização faz seu trabalho para produzir valor para seu cliente. Daí, a satisfação do cliente como o produto desse processo constituir uma importante medida de um processo.
 
ATIVIDADE - Atividade é representada por um conjunto de tarefas e operações. Atividade é o nível apropriado para o gerenciamento de custos. O nível de processo ou função é muito genérico, enquanto o nível de tarefa é muito pormenorizado e insignificante.
 
Desta forma, as atividades são caracterizadas como o nível em que as ações são tomadas. Para realizar mudanças, devemos mudar o que as pessoas fazem e, portanto, as mudanças devem ocorrer no nível das atividades.
 
A análise de uma empresa, considerando as atividades, assegura que os planos são transmitidos para um nível no qual as ações podem ser tomadas, facilita coerência dos objetivos, ressalta os direcionadores de custo, dá suporte à melhoria contínua e aperfeiçoa sistemas de suporte para a decisão.
 
O processo de gestão por atividade prevê a identificação e classificação em atividades que agregam valor (VA) e as que não agregam valor (NVA).
 
Esta fase é importante porque a organização irá dispor de uma base para efetuar melhorias significativas e sustentáveis em custo e desempenho por meio da identificação de atividades que podem ser eliminadas, reduzidas, mudadas em sua seqüência, automatizadas ou simplificadas.
 
Uma vez identificada as atividades VA - atividades que agregam valor para o seu cliente - e as NVA - atividades que não agregam valor para o seu cliente, a análise de processo irá garantir que todos os grupos profissionais afetados participem do esforço de redesenhar o novo processo. O benefício é ter todos os envolvidos focalizando suas capacidades para prover valor ao cliente.
 
O processo de Gestão por Processo, mapeando e classificando as atividades existentes, permite que se entenda por que um objeto custa aquele valor e quais ações corretivas devem ser executadas.
 
Usar a Gestão por Processo como referência para atribuição de custos a objetos como base em atividades, permite à organização mover-se nas duas direções, entre a obtenção de um cálculo exato do custo e rentabilidade do produto, serviço e/ou procedimento e a identificação de oportunidades para a melhoria contínua da rentabilidade.
 
Um sistema de Gestão por Processo pressupõe três condições básicas:
 
1. Equilíbrio e interação entre as medidas financeiras e operacionais - as medidas de desempenho são metas financeiras e operacionais utilizadas para medir o desempenho de uma organização. As medidas não financeiras são necessárias para gerenciar a empresa no nível de processo. 
Na mensuração de desempenho baseado em atividades, cada uma das atividades é analisada para determinar com que eficácia está sendo executado o trabalho, por meio de Indicadores de desempenho como qualidade, custo, tempo, produtividade, flexibilidade e a utilização adequada dos recursos. Cada indicador é um atributo diferente de uma atividade. Esses indicadores proporcionam uma perspectiva importante da eficácia com que a atividade ajuda a alcançar os objetivos da organização;
 
2. Estar alinhado com os objetivos estratégicos da organização. Esses são os elementos de desempenho necessários para o sucesso de uma organização. Os indicadores de desempenho devem apoiar os objetivos estratégicos e todos os objetivos devem ser adequadamente apoiados por alguma medida de desempenho. Indicadores de desempenho que não servem para apoiar ou ajudar a cumprir os objetivos estratégicos ou globais da empresa não devem ser avaliados;
 
3. Refletir um espírito de aperfeiçoamento contínuo - progressos significativos devem ser alcançados ao longo do tempo, espelhando e acompanhando os contínuos esforços para melhorar seu desempenho. A empresa deve também, se comparar com outras organizações em um processo chamado benchmark.
 
Um sistema de mensuração de desempenho por processos tem pelo menos quatro papéis importantes:
 
1. Permite que os gestores monitorem como está indo a empresa. Focando atenção nos direcionadores ou nas causas do desempenho, os gestores sabem que aspectos necessitam de mais atenção;
 
2. Fornece uma base para o aprendizado da organização. Como resultado, a organização faz ajustes nos processos existentes para torná-los mais eficientes (aperfeiçoamento contínuo) e/ou desenvolve novos processos que melhoram significativamente seu desempenho (redesenho de processo);
 
3. Importante ferramenta de comunicação. Todos na organização sabem quais os elementos de desempenho que devem ser perseguidos e medidos e quais os que são menos importantes;
 
4. Serve como base para os sistemas de premiação. A organização estabelece metas para cada indicador de desempenho e posteriormente compara-se o nível atingido com a meta. Conforme for o resultado alcançado, isso é refletido na recompensa, promoção, reconhecimento e/ou avaliação para fixação de salário variável.
Uma responsabilidade local de cada grupo de pessoas, ao nível de sua própria atividade. Processo é um conjunto de atividades estruturadas e medidas destinadas a resultar num produto especificado para determinado cliente ou mercado. É, portanto, uma ordenação específica das atividades de trabalho no tempo e no espaço, com um começo, um fim e entradas e saídas claramente identificadas. É uma estrutura para a ação.

Nenhum comentário: