Dia do Julgamento

"Cada dia é o dia do julgamento, e nós, com nossos atos e nossas palavras, com nosso silêncio e nossa voz, vamos escrevendo continuamente o livro da vida. A luz veio ao mundo e cada um de nós deve decidir se quer caminhar na luz do altruísmo construtivo ou nas trevas do egoísmo. Portanto, a mais urgente pergunta a ser feita nesta vida é: 'O que fiz hoje pelos outros?'"

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

ONZE PASSOS PARA UMA TRANSIÇÃO DE CARREIRA BEM-SUCEDIDA


Por Gutemberg B. de Macedo

Como consultor especializado na área de recolocação profissional, OUTPLACEMENT, patrocínio pessoa jurídica, e comprovada reputação no mercado de trabalho, não posso negar a gravíssima situação do mercado de trabalho. Afinal, temos 9 milhões de desempregados em todos os níveis – do chão de fabrica às suítes presidenciais.

Entretanto, a despeito dessa grave crise, defendo a seguinte tese: “O mercado de trabalho sempre tem e sempre terá um lugar especial para um profissional com algumas das virtudes acima mencionadas. Eu nunca vi um profissional excepcional ficar muito tempo desempregado, por pior que seja a crise.” Afinal, é em época de grave crise que as empresas necessitam de profissionais altamente preparados, otimistas, valentes e corajosos. Líderes de verdade e não apenas gestores.

Reconheço que é muito difícil reunir todas as virtudes acima mencionadas em uma única pessoa. No entanto, isso não significa que elas não devam ser perseguidas ao longo de uma carreira.  Elas devem, sim.  Todo “profissional diamante” sabe que ele, como a ave fênix, tem que se renovar a cada instante de sua vida, por mais confortável que seja a sua zona de conforto. Renascer na ousadia, na inteligência, no conhecimento técnico, gerencial e humanístico, no comportamento, na atitude, no relacionamento, no desenvolvimento de novas estratégias para os negócios, entre inúmeras outras.

Caro leitor, antes de mencionar “Os onze passos de uma transição de carreira bem-sucedida, permita-me avisá-lo que esses passos não são  infalíveis. Eles são citados apenas para orientá-lo em sua procura por novo emprego. Cada situação é diferente. Portanto, sua travessia no deserto pode exigir passos não tratados neste artigo. De qualquer maneira, leia-os com verdadeiro desejo de conquistar sua nova posição:

·                     Ao ouvir a noticia de sua demissão, vire a página imediatamente. Não fique ruminando como as vacas ou os bois. Você jamais construirá um futuro brilhante olhando para o seu passado. Afinal, como diz a sabedoria popular, “Águas passadas não removem moinhos.” Aceite-a com serenidade. Existe vida e vida em abundancia aqui fora no mercado de trabalho.

·                     Construa uma agenda pessoal de trabalho que o resgate da zona de conforto e maximize o seu tempo. Comece o seu dia com objetivos bem definidos. Não desperdice o seu tempo com atividades que em nada o ajudarão a fazer a travessia no deserto com sucesso. Portanto, reserve tempo para a leitura de jornais, ler um bom livro, navegar na internet, empreender os seus contatos, fazer os seus telefonemas, perder peso (se estiver acima do peso ideal), etc

·                     Prepare-se cabalmente para falar com as pessoas de seu relacionamento ou não. Não subestime essas ocasiões. Seja elegante e profissional. Conheço muitos profissionais que a despeito de tudo que ouviram sobre a necessidade desse preparo, mesmo assim comportaram-se como tolos e desperdiçaram inúmeras oportunidades de trabalho.

·                     Exiba-se nas redes sociais – LinkedIn, Facebook, Twitter – com uma imagem profissional positiva, atraente e de um profissional bem sucedido. Um simples desleixo pode custar-lhe a conquista de um novo trabalho. Cuidado como você se apresenta. Leia um bom livro sobre como usar o LinkedIn ou qualquer outro canal em seu benefício.

·                     Espelhe-se naqueles profissionais que são superiores a você em alguma coisa. Imite-os e adote quando possível suas atitudes vencedoras. Este foi um dos conselhos mais inteligentes que ouvi de meu pai, um homem simples, humilde, porém sábio.
·                     Proteja a sua família. Não alimente a desesperança e as excessivas preocupações. Viva cada dia, cada hora e cada minuto. Afinal, por pior que seja a desgraça, ela nunca durará para sempre. Administre com racionalidade e sabedoria esse momento de sua vida. Tudo passa.

·                     Nunca se posicione como vitima do capitalismo, de sua empresa ou ex-chefe. Ninguém terá pena de você. Muito pelo contrario, até mesmo os seus amigos se afastarão de você. “Controle o seu destino ou alguém fará por você de maneira perversa” é um Mantra que repito todos os dias.

·                     Administre suas finanças pessoais e familiares com total rigor e como se estivesse vivendo em período de guerra. Portanto, olhe bem onde você gasta cada centavo. Aqui vale repetir a advertência: “Cuide de seus centavos e os milhões cuidarão deles próprios.”

·                     Vá ao mercado de trabalho com uma atitude positiva, ousada e enérgica e com total autoconfiança. Lembre-se que ninguém tem respeito ou cultiva admiração por um profissional fracassado. A sociedade somente cultua os vencedores, mesmo que eles muitas vezes não sejam os melhores exemplos.

·                     Use o poder persuasivo de sua linguagem corporal – ande sempre de cabeça erguida, ombros arqueados, olhos brilhando, aperto de mão firme, tom de voz que demonstre segurança e credibilidade. Além disso, vista-se para o sucesso. Afinal, você não está mendigando um emprego ou pedindo um favor. Você está sim vendendo a sua experiência, conhecimento, atitude, educação, cortesia e potencial humano.


·                     Utilize todos os canais de prospecção existentes. Não fique apenas sentado diante de uma tela de computador esperando que alguém o descubra ou que você encontre uma posição no mesmo canal. Esse é um erro gravíssimo que muitos profissionais cometem nessa fase de suas carreiras. Vá em busca das “Hidden Positions”, aquelas que não são comunicadas abertamente ao mercado e muito menos confiadas aos headhunters ou postadas no LinkedIn. Para encontrar essas oportunidades, você tem de sair de sua zona de conforto e ir para onde o povo está, como diz o cantor popular.  Caso tenha oportunidade dê entrevistas, publique artigos, faça-se presente na mídia.

Nenhum comentário: